O Programa

O Programa Escola de Gestores da UFSC foi criado pela Gestão 2016 – 2020, está vinculado a Linha de Desenvolvimento de Gestão do Plano Anual de Capacitação da Coordenadoria de Capacitação de Pessoas do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas da PRODEGESP, tendo como parceiros o Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária (INPEAU), o Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária (PPGAU), a Secretaria de Educação a Distância (SEAD) e outros.

A busca em criar uma Escola de Gestores, leva em consideração a possibilidade de promover a homogeneização de conhecimentos institucionais, a integração entre os vários níveis gerenciais e o aprofundamento de conhecimentos nos temas que visem o desenvolvimento dos profissionais que trabalham na UFSC, além da possibilidade de avaliar permanentemente o sistema de Gestão adotado pela Instituição. Leva em conta, ainda, a oportunidade de consolidar o pensamento estratégico institucional, o fortalecimento do trabalho de equipes multidisciplinares, e o compartilhamento de experiências de profissionais internos e externos que atuam ou já vivenciaram o ato de dirigir uma Universidade.

A Escola de Gestores da UFSC deverá contribuir para o desenvolvimento de competências gerenciais, que incentive nos seus servidores o fortalecimento do processo de decisão em situações complexas, como as exigidas para a direção de uma Universidade Pública no atual contexto socioeconômico.  Visa conhecer e analisar modelos, processos, sistemas e práticas de gestão, nacionais e internacionais, para melhorar a efetividade da gestão na UFSC.

A criação de uma Escola desta natureza justifica-se em razão:

  • da necessidade premente de se pensar estratégias que levem a formação de gestores altamente qualificados, responsáveis e comprometidos socialmente com ações que, efetivamente, possam levar a UFSC a cumprir seus princípios e finalidade.
  • da necessidade do atendimento ao Decreto nº 5.707/2006 (BRASIL, 2016) que estabelece como uma das diretrizes para o desenvolvimento de pessoal da administração pública federal a promoção da “capacitação gerencial do servidor e sua qualificação para o exercício de atividades de direção e assessoramento” (BRASIL, 2006a, Artigo 3º, Inciso III).
  • da necessidade do atendimento ao Decreto nº 5.825/2006 (BRASIL, 2016b) que estabelece que os Programas de Capacitação e Aperfeiçoamento dos Integrantes do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação devem ser implantados, dentre outras linhas de desenvolvimento, a linha Gestão que “visa à preparação do servidor para o desenvolvimento da atividade de gestão, que deverá se constituir em pré-requisito para o exercício de funções de chefia, coordenação, assessoramento e direção” (BRASIL, 2006b, Artigo 7º, Inciso IV).